Home » Notícias » Portal » Portal - Notícias » INSS esclarece sobre empréstimo consignado

INSS esclarece sobre empréstimo consignado

Compartilhar
Imprimir

Diretoria Geral do INSS ministra palestra sobre “O que é o empréstimo consignado” durante lançamento de Campanha no MP

Acontece hoje o lançamento da Campanha de Esclarecimento sobre Empréstimo Consignado idealizada pelo Ministério Público Estadual. O evento contará com a participação do Chefe da Divisão de Consignação em Benefícios, Edimilson Costa Silva, e da Coordenadora de Gerenciamento de Pagamento de Benefícios, Célia Medeiros, ambos da Diretoria de Benefícios da Direção Geral do INSS (em Brasília/DF). Eles ministram, logo mais, a palestra “O que é o empréstimo consignado?”, a fim de esclarecer sobre como funciona esse tipo de operação e qual a função do INSS quanto ao empréstimo consignado.

Segundo Edimilson Costa, entre os anos de 2008 a 2010, o INSS recebeu mais de 19 mil reclamações procedentes sobre empréstimos consignados, das quais cerca de 8 mil foram julgadas como fraudes. Por isso a importância de checar se o banco ou financeira onde se pretende fazer o empréstimo consignado na folha de pagamento é cadastrada no INSS, que hoje conta com 70 instituições financeiras autorizadas para oferecer esse serviço.

Atualmente existem 256.597 beneficiados só no Rio Grande do Norte. No Brasil são mais de 17 milhões de contratos ativos. Célia Medeiros explica que o Instituto Nacional do Seguro Social é responsável por toda a identificação e checagem dos dados da pessoa que contrata e da instituição contratada. “O INSS não faz parte do processo de contratação do empréstimo, no entanto o Instituto capta as informações necessárias e, através de um sistema próprio sem qualquer interferência de servidor, verifica essas informações para autorizar a operação”. Para ela, a maior causa do superindividamento dos aposentados e pensionistas é a contratação de empréstimos, além do consignado, uma vez que a oferta desse serviço é muito grande e facilitada.

Hoje o INSS dispõe de uma linha gratuita para quem quiser fazer reclamações, solicitações ou elogios. O número é o 135 e os interessados podem ligar de qualquer telefone fixo ou orelhão gratuitamente. Ligações feitas de telefone móvel são cobradas como uma ligação local. Esse número fornece, ainda, informações sobre qualquer tipo de benefício previdenciário.

Compartilhar
Imprimir

Notícias Recentes

Pular para o conteúdo