Home » Notícias » Portal » Portal - Notícias » São José do Campestre: Prefeitura deve disponibilizar serviço de apoio escolar na rede de ensino

São José do Campestre: Prefeitura deve disponibilizar serviço de apoio escolar na rede de ensino

Compartilhar
Imprimir

Poder público deve tomar providências para regularizar cargo de profissional de apoio escolar rede de ensino, por meio de lei e concurso público


O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) emitiu recomendação direcionada à Prefeitura e à Secretária Municipal de Saúde de São José do Campestre para que seja disponibilizado o serviço de profissional de apoio escolar na rede municipal de educação. A recomendação foi publicada no Diário Oficial do Estado desa terça-feira (13) e observa as Diretrizes Nacionais para Educação Especial na Educação Básica (CNE/CEB).

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) dispõe que o atendimento educacional especializado é um complemento à escolarização, prevendo que “haverá, quando necessário, serviços de apoio especializado, na escola regular, para atender às peculiaridades da clientela da educação especial”.

Conforme a constatação da Promotoria de Justiça da comarca, a Prefeitura ainda não regularizou a situação do cargo de profissional de apoio escolar em sua rede de ensino, por meio de lei e concurso público, acarretando em prejuízo na educação de estudantes portadores de deficiência.

Além de tomar as providências para fornecer o serviço, a Prefeitura também deve se abster de alocar professores ou estagiários para as funções de profissional de apoio escolar. O MPRN prevê o prazo de 15 dias para que o prefeito informe à Promotoria de Justiça de São José do Campestre as medidas tomadas para garantir o cumprimento da recomendação.
    
Confira aqui a íntegra da recomendação.

Compartilhar
Imprimir

Notícias Recentes

Pular para o conteúdo