Home » Projeto Psique

Projeto Psique

Compartilhar
Imprimir

.

O Caop-Saúde desenvolveu o projeto Psique com o objetivo de fortalecer a rede de atenção psicossocial (RAPS) nos municípios e nas regiões de saúde do Rio Grande do Norte por meio do estabelecimento de fluxos intersetoriais, fortalecimento e qualificação dos serviços, dos equipamentos e dos profissionais de saúde.

O projeto, com previsão de lançamento em 2023, surgiu da necessidade de melhorar o atendimento e acolhimento ao paciente com transtorno mental no estado. A ausência de um fluxo, articulação e integração da RAPS no solo potiguar, bem como o desconhecimento dos profissionais quantos aos procedimentos adequados para conter e lidar com os indivíduos em distúrbios psíquico, tem tornado recorrentes a chegada de demandas de saúde mental nas Promotorias de Justiça.

Assim, nessa perspectiva, foi desenhado o projeto “PSIQUE” visando uma melhoria no atendimento e nos serviços prestados, propondo o desenho e implantação de um fluxo para a organização dos serviços de saúde mental dentro do município e na região de saúde, na atenção básica e especializada, além da qualificação da assistência aos pacientes nos equipamentos atuais. Para tanto, serão realizadas vistorias nos 32 municípios do RN que possuem CAPS, com um total de 47 estabelecimentos de saúde distribuídos pelas oito regiões de saúde. Com a finalidade de facilitar a execução das vistorias foi estabelecida uma divisão por 7 grupos de municípios, conforme proposta abaixo.


a) 1º grupo de municípios – 6ª Região de Saúde: Pau dos Ferros, São Miguel, Patu,
Umarizal e Frutuoso Gomes;


b) 2º grupo de municípios – 4ª Região de Saúde: Caicó, Parelhas, Currais Novos e
Jucurutu;


c) 3º grupo de municípios – 5ª e 8ª Região de Saúde: Santa Cruz, São Paulo do Potengi,
São José do Campestre e Assú;


d) 4º grupo de municípios – 1ª Região de Saúde: São José de Mipibu, Goianinha,
Canguaretama, Santo Antônio e Nova Cruz;


e) 5º grupo de municípios – 3ª Região de Saúde: Ceará-Mirim, João Câmara, Macau ,
Parazinho e Touros;


f) 6º grupo de municípios – 2ª Região de Saúde: em virtude do quantitativo maior de
CAPS a execução das vistorias desse grupo foi subdividida em duas etapas, sendo a 1ª
para o município de Mossoró e a 2ª etapa para Apodi, Baraúna, Areia Branca e Caraúbas;


g) 7º grupo de municípios – 7ª região de Saúde: em virtude do quantitativo de CAPS a
execução das vistorias desse grupo foi subdividida em três etapas, sendo a 1ª para Natal,
a 2ª etapa para Macaíba e Parnamirim e a 3ª etapa para São Gonçalo do Amarante e
Extremoz

Pular para o conteúdo