Home » Notícias » Portal » Portal - Notícias » MPRN e MPT apresentam projeto de promoção social para rede de proteção à criança e adolescente de Mossoró

MPRN e MPT apresentam projeto de promoção social para rede de proteção à criança e adolescente de Mossoró

Compartilhar
Imprimir
Reunião contou a presença das secretarias municipais de Educação, de Saúde e de Assistência Social, do Conselho Tutelar e do Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente
 

 
O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e o Ministério Público do Trabalho (MPT) promoveram uma reunião para apresentar o projeto Resgate à Infância para representantes das secretarias municipais de Educação, de Saúde e de Assistência Social, do Conselho Tutelar e do Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente (Condica) de Mossoró. O encontro foi realizado na sede das Promotorias de Justiça de Mossoró, nesta quarta-feira (4).
 
 
O mencionado projeto é desenvolvido pelo MPT com o objetivo de inserir no mercado de trabalho a promoção social de jovens em situação de vulnerabilidade social. O Resgate à Infância busca atua com políticas públicas, aprendizagem profissional e educação. Em Mossoró, o MPRN está construindo uma pareceria com o MPT para desenvolver o projeto localmente, visando o acesso de jovens em situação de vulnerabilidade social às empresas por meio de cotas sociais. 
 
Isso significa, portanto, implementar uma rotina consistente e sistemática de fiscalização das empresas para que cumpram a cota social (contratando aprendizes, incluindo os jovens do sistema socioeducativo e das entidades de acolhimento). 
 
No final do mês, o MPT realizará uma jornada, entre os dias 17 e 20, e dois momentos no evento serão importantes para esse projeto de aprendizagem para jovens em vulnerabilidade social. Haverá uma capacitação para toda a rede de proteção da criança e do adolescente, na sede das Promotorias de Justiça de Mossoró – incluindo visitas técnicas aos órgãos que compõe essa rede. E no último dia, o MPT promoverá uma audiência coletiva com os empresários, para tratar das cotas sociais para esses adolescentes.
 
Compartilhar
Imprimir

Notícias Recentes

Pular para o conteúdo