Home » Notícias » Portal » Portal - Notícias » MPRN consegue condenação de 24 anos de prisão para autor de feminicídio em Parelhas

MPRN consegue condenação de 24 anos de prisão para autor de feminicídio em Parelhas

Compartilhar
Imprimir
Crime ocorreu em 2021, réu não aceitava a separação da vítima, com quem foi casado por 20 anos

 
Vinte e quatro anos de reclusão pelo crime de homicídio triplamente qualificado: feminicídio, motivo torpe e sem chance de defesa para a vítima. Essa foi a condenação estabelecida a Roberto Alexandre Barros, em Tribunal do Júri, conforme os termos pedidos pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), nesta segunda-feira (11), em Parelhas. 
 
A vítima é a ex-esposa do réu, Maria Procileide de Macena e Silva, conhecida como Kika, de 42 anos. Os dois foram casados por 20 anos e estavam separados há cerca de um ano quando ocorreu o crime. Roberto não aceitava o final do relacionamento. 
 
Então, na noite de 8 de novembro de 2021, ele entrou na residência de Maria e efetuou quatro disparos de armas de fogo contra a ex-mulher, impossibilitando qualquer chance de defesa por parte dela (e caracterizando o homicídio pela condição feminina da vítima).
Compartilhar
Imprimir

Notícias Recentes

Pular para o conteúdo