Home » Notícias » Portal » Portal - Notícias » Carla Amico toma posse no Colégio de Procuradores

Carla Amico toma posse no Colégio de Procuradores

Compartilhar
Imprimir

Nova Procuradora de Justiça fez um histórico de sua carreira de qusse 24 anos no MPRN e da trajetória pelas 14 comarcas onde atuou

Empossada oficialmente na última quarta-feira, a Procuradora de Justiça Carla Campos Amico foi empossada solenemente nesta tarde (13) com assento no Egrégio Colégio de Procuradores de Justiça, do Ministério Público de Justiça do Rio Grande do Norte, em sessão presidida pelo Procurador-Geral de Justiça Rinaldo Reis.

Ao saudar a nova Procuradora de Justiça, Rinaldo Reis destacou que a chegada de Carla Amico traz renovação, era como “alguém novo que chega na casa da gente, como um filho. É alguém que chega para renovar o ar. Você, Carla, veio para renovar”. O Procurador-Geral de Justiça enalteceu a luta de Carla Amico quando Promotora de Justiça, principalmente o trabalho que desempenhou no âmbito da educação.

A sessão do Colégio de Procuradores de Justiça foi aberta pelo PGJ, que nomeou uma comissão para entronizar a nova Procuradora no plenário do Colégio de Procuradores. Em seguida foi cantado o Hino Nacional. A saudação à nova integrante do CPJ foi feita pelo Procurador de Justiça Paulo Leão, em um discurso marcado por citações filosóficas e do pai da economia moderna, Adam Smith. Paulo Leão ressaltou a inteligência, a competência e o trabalho de Carla Amico nos seus mais de vinte anos Ministério Público de 1ª instância.


TRAJETÓRIA NATURAL

No seu breve discurso, a Procuradora de Justiça Carla Campos Amico fez um histórico da sua carreira no Ministério Público e de sua trajetória pelas 14 comarcas em que atuou, vencendo etapas, “inicialmente como promotora substituta, depois a primeira instância, uma pequena comarca chamada São Bento do Norte, onde aprendi que tirador de coco era uma profissão.”

“Passar pelas dificuldades do interior, pela complexidade e peculiaridade de cada comarca e pelas especializações da capital é importante para a formação do promotor. A carreira se constrói passo a passo, e isso permite o amadurecimento e o equilíbrio extremamente necessário para o exercício da profissão,” disse.

Carla Amico disse qu sua trajetória até o novo cargo foi totalmente natural, sem pular etapas. “Ao meu modo de ver, descaracteriza a essência da carreira e, consequentemente, a construção de um profissional mais preparado, mais experiente e consequentemente melhor. Almejar a Procuradoria de Justiça, como resultado de uma trajetória (e não apenas como o preenchimento de check list), é extremamente natural, desde que esse caminho seja trilhado, suado, tendo por norte principal servir ao público, ser agente público, zelar pelo cumprimento da lei, honrando o nome dessa instituição em que tantos depositam credibilidade.”

À prestigiada sessão  do Colégio de Procuradores compareceram o marido da nova procuradora, Everço Valério dos Santos, familiares, amigos e colegas Promotores de Justiça.

Compartilhar
Imprimir

Notícias Recentes

Pular para o conteúdo