Home » Notícias » Portal » Portal - Notícias » Ceará-Mirim: MP pede na Justiça que abrigos de idosos façam melhorias

Ceará-Mirim: MP pede na Justiça que abrigos de idosos façam melhorias

Compartilhar
Imprimir

Ação foi baseada no serviço insuficiente prestado por três abrigos; adequação deve seguir orientações a partir de inspeções feitas por órgãos de vigilância

O Ministério Público do Rio Grande do Norte, por intermédio da 1ª Promotoria de Justiça de Defesa do Idoso e da Pessoa com Deficiência da Comarca de Ceará-Mirim, instaurou ação de apuração judicial com pedido de tutela antecipada a fim de verificar irregularidades no atendimento em três abrigos do Município.

As entidades apontadas são: Centro Social Leci Câmara; Casa de Caridade São Vicente de Paulo; e Paróquia de Nossa Senhora da Conceição. Nos abrigos, verificou-se que a assistência é feita de maneira insuficiente aos idosos.
A ação pede que as entidades sociais cumpram todas as determinações realizadas anteriormente por órgãos de vigilância e controle de qualidade, com base em inspeções.

Pede-se ainda que a Justiça determine ao Município de Ceará-Mirim que apresente, no prazo de 60 dias, levantamento da situação das Instituições de Longa Permanência de Idosos situadas na cidade, além de um projeto de política municipal, devidamente regulamentado, para abrigos no Município. Bem como determine também ao município que cumpra, imediatamente, com suas obrigações no sentido de incluir a população idosa abrigada, no âmbito do Programa Saúde da Família (PSF), com medidas de caráter preventivo, e passem a aplicar procedimentos de investigação de óbito com causa não definida, proveniente do Ministério da Saúde.

O representante do MP pede na ação a aplicação de pena de multa caso haja descumprimento, a ser fixada no valor de R$ 100 mil por cada idoso identificado, que não esteja incluso no PSF, devendo tal multa ser dobrada caso ocorra morte do idoso e não tenha ocorrido a devida inclusão no referido Programa.

Compartilhar
Imprimir

Notícias Recentes

Pular para o conteúdo