Home » Notícias » Portal » Portal - Notícias » MP e parceiros homenageiam mulheres e pedem maior articulação da rede

MP e parceiros homenageiam mulheres e pedem maior articulação da rede

Compartilhar
Imprimir

Saudações, homenagens e também cobranças marcaram evento alusivo ao Dia Internacional da Mulher no Calçadão da Rua João Pessoa, Centro da Cidade

Mais do que comemorar, articular toda a rede de proteção em defesa da mulher, foi o objetivo maior do Ministério Público Estadual juntamente com vários parceiros na mobilização realizada durante a manhã desta sexta-feira, dia 08 de março, Dia Internacional da Mulher, na Rua João Pessoa.
 

As saudações e homenagens às mulheres neste ano de 2013, no Centro da Cidade, contou com discussões e alertas sobre a temática da mulher, além da distribuição de material de divulgação, serviços de saúde da mulher e distribuição de preservativos feminino, além de testes de glicemia, movimentando mais de dez órgãos, entidades, instituições governamentais e não governamentais.

Participaram, entre outros, da mobilização, as secretarias municipal e estadual de Saúde; o Conselho Municipal da Mulher; a Coordenadoria dos Direitos da Mulher e Minorias; a Coordenadoria de Políticas para as Mulheres da OAB/RN; a Comissão da Mulher Advogada; Secretaria de Assistência Social; Delegacia da Mulher; Defensoria Pública, representantes das novas vereadoras eleitas do município de Natal, Previdência Social, Polícia Militar, Federação dos Conselhos Comunitários e Entidades Beneficientes, Grupo Autônomo das Mulhres, Ação da Mulher Trabalhista, e sindicatos como o das costureiras, dos taxistas e Sindsaúde.

Para a Coordenadora do Núcleo de Apoio à Mulher Vítima da Violência Doméstica e Familiar (NAMVID), do Ministério Público Estadual, Promotora de Justiça, Érica Verícia Canuto de Oliveira Veras, o fundamental em reunir toda a rede foi assegurar uma oportunidade a mais de refletir sobre o que se tem feito e pode ainda se fazer na defesa da mulher. “O mais importante é estimular a rede. As pessoas pouco se comunicam, precisamos fazer um trabalho constante e mais unido, não temos exatamente o conhecimento do que todos estão realizando”, ressaltou.
 

 

Compartilhar
Imprimir

Notícias Recentes

Pular para o conteúdo