Home » Notícias » Portal » Portal - Notícias » Natal terá residência para abrigar pessoas carentes com deficiência

Natal terá residência para abrigar pessoas carentes com deficiência

Compartilhar
Imprimir

Termo de Ajustamento de Conduta foi assinado com as Secretarias de Trabalho e Saúde de Natal

Até o dia 29 de novembro, uma residência inclusiva deverá ser criada em Natal. De acordo com o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado entre a 9ª Promotoria de Justiça e representantes da Secretaria de Trabalho e Assistência Social de Natal- SEMTAS e da  Secretaria Muncipal de Saúde de Natal, a residência inclusiva deverá abrigar jovens e adultos com deficiência.

O TAC foi motivado pela constatação da necessidade de um abrigo para uma jovem com deficiência, reclamação que chegou até a Promotoria de Justiça.  O caso da jovem não é raro de se registrar na capital e por isso o Promotor de Justiça Flávio Henrique de Oliveira recomendou a construção de uma residência inclusiva, preparada para receber seis mulheres, entre 18 e 59 anos, que não tem condições de se sustentar, nem contam com retaguarda familiar temporária ou permanente ou que estejam em processo de desligamento de instituições, onde ficaram por longo período.

O não cumprimento do acordo acarretará numa multa de três mil reais por cada dia de atraso, que deverá ser revertida para a Casa da Criança e do Adolescente Deficiente.
 
 

Compartilhar
Imprimir

Notícias Recentes

Pular para o conteúdo