Home » Notícias » Portal » Portal - Notícias » Alzheimer: MP investiga interrupção no fornecimento de medicamentos

Alzheimer: MP investiga interrupção no fornecimento de medicamentos

Compartilhar
Imprimir

Promotora de Justiça instaurou Inquérito Civil para apurar o caso

A Promotoria de Justiça de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência e dos Idosos de Natal, Iadya Gama Maio, instaurou Inquérito Civil para apurar denúncia sobre falta de medicamentos para pacientes portadores da doença de Alzheimer, uma vez que o poder público não está distribuindo remédios como Donepezila, Rivastigmina e Galantamina. O Inquérito Civil nº 023.10-30 objetiva investigar a falta de dispensação contínua e garantir o acesso da população, principalmente, idosa, aos medicamentos.

Na portaria de instauração do Inquérito Civil, Iadya Gama Maio assegura ter juntado os documentos dos processos e decisões judiciais que garantem o fornecimento dos medicamentos de Alzheimer (Galantamina e Rivastigmina), e-mails já encaminhados pela Unicat, bem como a cópia do ofício e respectiva resposta da Secretaria de Estado da Saúde referente ao não fornecimento contínuo dos medicamentos para o tratamento da doença de Alzheimer.

Compartilhar
Imprimir

Notícias Recentes

Pular para o conteúdo