Home » Notícias » Portal » Portal - Notícias » MP adota novo horário de expediente

MP adota novo horário de expediente

Compartilhar
Imprimir

Ministério Público passa a funcionar das 7h 30min às 14h 30min.

A partir de segunda-feira (1° de março), o Ministério Público passa a funcionar das 7h 30 às 14h 30. Com a implantação do novo horário, o MP Potiguar será o quinto Ministério Público Estadual na região Nordeste a aderir ao expediente corrido, precedido por Alagoas, Ceará, Maranhão e Piauí. Além dessas instituições o Ministério Público do Trabalho, o Tribunal de Justiça do RN e o Ministério Público Federal no RN também adotam expediente semelhante.
Segundo o Presidente da Associação dos Membros do Ministério Público do Ceará, Manuel Pinheiro Freitas, “embora a demanda da sociedade seja grande, o expediente corrido tem atendido perfeitamente às necessidades da população”. Manuel Freitas lembra que esse horário existe no MP do Ceará desde a época do “Apagão” que o Brasil viveu em meados de 2001, pela necessidade de redução de custos principalmente com energia elétrica. “Aqui a implantação do expediente corrido foi pacífica. Não houve qualquer resistência por parte dos membros nem servidores; e hoje o Ministério Público como um todo já está adaptado a essa realidade, sem que haja qualquer prejuízos na nossa atuação”, ressalta.

O expediente de sete horas corridas valerá para todas as unidades administrativas e de execução do Ministério Público Estadual, à exceção do Setor de Protocolo, Promotorias de Justiça que ficam no Praia Shopping,  bem como das Secretarias do Colégio de Procuradores de Justiça e do Conselho Superior do Ministério Público, nos dias de sessão.

O novo horário favorece redução com energia elétrica, otimizando os recursos orçamentários destinados ao custeio; além entrar em consonância com o  funcionamento do Tribunal de Justiça do RN, que através da Resolução n° 002/2010 adotou também o horário corrido; é mais produtivo, como afirmam especialistas em cronobiologia, como a estudiosa Lúcia Rotemberg; oferece maior disponibilidade de transporte entre a zona rural e urbana nos vários municípios do Estado, que carecem do serviço após às 18h; oferece maior qualidade de vida para Membros e Servidores da Instituição; além de facilitar o acesso da população ao MP, tendo em vista que a partir de março o cidadão poderá buscar o atendimento, inclusive, no horário de almoço.

A adoção do novo expediente passou inicialmente por um período de consulta aos Membros e Servidores, possibilitando o amadurecimento e a compreensão de que a mudança de horário trará não só economia de custos, mas, principalmente, facilidades ao cidadão.

 

Compartilhar
Imprimir

Notícias Recentes

Pular para o conteúdo