Imprimir 

 
Do dano ao belo. Com esse conceito, a exposição fotográfica inaugurada nesta segunda-feira (19), na sede da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ), traz a reflexão sobre a deterioração das belezas naturais promovida pela ação do homem.
 
As fotografias são de autoria de integrantes das equipes de dois centros de apoio operacional, Caop Meio Ambiente e Caop Cidadania; e foram tiradas durante vistorias relativas a inquéritos civis em trâmite nas Promotorias de Justiça.
 
“A proposta é, além de promover essa reflexão, reconhecer e valorizar o trabalho da equipe técnica dos Caops e das Promotorias de Justiça, que antes mesmo da ideia da exposição já despertaram esse olhar sensível do contraste que existe entre a beleza e a degradação. Mesmo a beleza social, como nas fotografias de crianças e adolescentes que, em meio à precariedade das estruturas das escolas, ainda buscam pelo seu direito à educação”, explica a coordenadora do Caop Meio Ambiente, Mariana Barbalho.
 
A promotora de Justiça ressalta que a proposta é promover uma segunda edição durante as comemorações do dia do Ministério Público. “Com essa iniciativa, pretendemos sensibilizar os membros e servidores a despertarem também esse olhar no dia a dia de suas atuações para podermos reunir mais trabalhos”, comentou.
 
A exposição permanece na sede da PGJ até terça (20); e, em seguida será transferida para a Escola de Governo, durante o seminário do dia da água, nos dias 22 e 23 de março de 2018.
 
Confira aqui o vídeo da exposição.