Portal do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte - MPRN, Justiça Federal e Cremern fiscalizam UTIs nos hospitais do interior do RN
 Imprimir 

Objetivo das vistorias foi verificar o funcionamento dos leitos e averiguar a necessidade de possíveis adequações
 
 
Comitiva foi formada por representantes do MPRN, JFRN, Cremern e Sonorti
 
Os leitos de UTIs, inaugurados recentemente no Seridó e no Oeste potiguar, receberam a fiscalização do Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte (Cremern) na última quinta (2) e sexta-feira (3). Durante vistoria nos hospitais de Currais Novos, Caicó e Pau dos Ferros, a equipe do Cremern esteve acompanhada de uma inspeção judicial, com representantes da Justiça Federal e do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN).
 
A finalidade de cada vistoria foi verificar como estão funcionando os leitos das UTIs e averiguar a necessidade de possíveis adequações para o pleno funcionamento. Os 10 leitos do Hospital Regional de Currais Novos ainda não foram inaugurados. A previsão é que o espaço passe a funcionar em breve, por meio de concurso público ou contratação de terceirizados.
 
Em Caicó, os 10 leitos do Hospital Regional do Seridó estão funcionando normalmente. O Cremern constatou a falta do procedimento de hemodiálise à beira do leito para o paciente agudo. A Sesap já está ciente e providenciando. Em Pau dos Ferros, o Hospital Dr. Cleodon Carlos de Andrade também está com os 10 leitos de UTI em pleno funcionamento.
 
A inspeção judicial aconteceu em decorrência da ação civil pública ajuizada pelo Cremern, que resultou na instalação dos 30 leitos de UTIs nas cidades citadas, dentro de um plano de regionalização da assistência ao paciente crítico.
 
A comitiva foi formada pela juíza federal Gisele Leite; pela promotora de Justiça da Saúde Iara Pinheiro; por representantes do Cremern, que tem Marcos Lima de Freitas como presidente; e pelo presidente da Sociedade Norte-rio-grandense de Terapia Intensiva (Sonorti), Fernando Carriço.
 
*Com informações da Assessoria de Comunicação do Cremern.