Imprimir 

Recomendação do MPRN pretende garantir que o espaço seja adequado para acesso de pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida
 
 
A reforma da Escola Municipal Manoel de Barros, localizada na cidade de Baraúna, deverá priorizar as normas de acessibilidade para garantir o espaço adequado a pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida. Esta é a orientação do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), em recomendação encaminhada à Prefeitura e às Secretarias Municipais de Educação e Infraestrutura. O documento foi publicado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (16).
 
A medida foi recomendada após a informação remetida pela Secretaria de Educação à Promotoria de Justiça da cidade acerca da reforma da escola. Dessa forma, a Prefeitura deve tomar as providências necessárias para que a obra seja realizada de modo a garantir a perfeita circulação e utilização do prédio, contando também com banheiro adaptado. 
 
O MPRN estipulou o prazo de 30 dias úteis para que o poder público municipal apresente as providências adotadas para garantir o cumprimento da recomendação.
 
Confira aqui a recomendação na íntegra.