Imprimir 

Encontros acontecem nas cidades de Caicó, Martins, Mossoró e Natal, com a participação dos membros e servidores de cada comarca


A Procuradoria-Geral de Justiça realiza, entre os dias 25 de outubro e 6 de novembro, os Encontros Regionais. Serão quatro encontros que vão reunir membros e servidores de todas as comarcas do estado para um diálogo franco com a administração superior do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), em busca de solucionar problemas, fortalecer ações exitosas e promover a integração institucional.

“O resgate dos encontros regionais tem como objetivo principal, dentro da linha de diálogo e resolutividade, aproximar ainda mais a administração superior dos membros e servidores da nossa instituição”, explicou o procurador-geral de Justiça, Eudo Rodrigues Leite.

Os encontros acontecem nas cidades de Caicó (25 de outubro), Martins (26 de outubro), Mossoró (27 de outubro) e Natal (6 de novembro). A participação dos membros e servidores de cada comarca será feita por meio de convocação obrigatória, publicada nesta quarta-feira (18) no Diário Oficial do Estado.

Em cada uma das quatro oportunidades serão apresentados e debatidos, entre outros temas, as principais ações dos 100 primeiros dias de gestão, a situação orçamentária e financeira da instituição e a mudança no perfil de atuação do MPRN, com a criação do Núcleo Permanente de Incentivo à Autocomposição (Nupa).

As equipes das demais unidades administrativas da Procuradoria-Geral de Justiça vão apresentar, ainda, os resultados do planejamento estratégico e compartilhar as metas para o novo ciclo (2018-2023); divulgar os números da pesquisa de imagem e satisfação realizada; orientar sobre o novo sistema de virtualização dos processos; e divulgar a política de comunicação do MPRN.

“Cada encontro será uma excelente oportunidade para que todos possam se apropriar das ações implementadas e pensadas no âmbito do MPRN, bem como para recebermos o salutar feedback, a partir de eventuais elogios, críticas e sugestões", ressaltou o chefe de gabinete, Carlos Henrique Rodrigues da Silva.